Ho!






Eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. Alguma segurança, mas é tão difícil, nunca encontro nada. Mas hoje eu posso ver com outros olhos, Senhor eu consigo te enxergar, Senhor eu posso ver teus braços estendidos a me esperar, eu posso ouvir tua doce e meiga voz a me chamar, e agora tudo o que eu mais quero e desejo é correr ao teu encontro, em teu colo eu posso descansar as minhas dores, acalmar meu coração, sim, ao teu lado tudo passa, só existe apenas Eu e você.


Como eu te amo!



This entry was posted on segunda-feira, 10 de janeiro de 2011. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply